quinta-feira, 28 de maio de 2015

Dedé da PORTELA (28/05/2015)



DEDÉ DA PORTELA

Dor de amor 
(Dedé da Portela, Délcio Carvalho) 

Nunca mais
Escutei Tua voz
E nem te vi
Uma grande
Tristeza veio a mim
Fez meu samba ficar sentindo
Afinal quando morre a ilusão
De um grande amor
Parece um funeral
Sem vela ou flor
De um coração tão sofrido
Eu tentei loucamente
Fazer o amor voltar
Mas notei na expressão
Do teu olhar
Uma luz que não conhecia
E assim percebi que a paixão
Chegou ao fim
Novamente a saudade veio a mim
Pra levar minha alegria
Outro samba de dor
No ar dor de amor que não voltará
Outro smba de dor
No ar dor de amor que não voltará

Zeca Pagodinho (Citibank Hall)

Oswaldo Cruz (O Berço da PORTELA)


Casarão Rio 450 anos

Bairro de Oswaldo Cruz, aonde nasceu a hoje tão conhecida PORTELA, a maior campeã da história do carnaval carioca!

Com certeza, o maior celeiro de bambas do Mundo do Samba, a PORTELA se destaca por ter em sua rica história pela sua Ala de Compositores, que possui em sua homenagem Ary do Cavaco! Mas não fica só por aí, conforme diz um velho samba portelense: "se for falar da PORTELA, hoje não vou terminar", e viajando no tempo surge Marquinhos de Oswaldo Cruz, que hoje é um dos que leva a bandeira do samba e também do velho bairro de Oswaldo Cruz! O compositor é um dos mais atuante no Mundo do Samba, tendo como criações o Trem do Samba e a Feira das Yabás, aonde tudo acontece por lá.


- Sabe, Oswaldo Cruz é para mim o Louvre carioca. Diante do impacto da comparação inesperada, e logo se apressa para explicar. É por causa do impacto imaterial. Quem passa por aqui jamais imagina o quanto este bairro é importante para a história da cidade e para o orgulho do morador do subúrbio. São muitas as histórias. 

E lembra:

- Antigamente, não havia essa identidade suburbana. Nem mesmo a Portela cantava Madureira e Oswaldo Cruz, como faz agora. Tudo isto começou com essa música que canta o dia a dia do bairro onde cresci, e se intensificou com o Trem do Samba. Eu brinco dizendo que esse é o único dia do ano no qual o Rio de Janeiro realmente se encontra. 

Quando o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes pediu a ele a indicação de um imóvel na Zona Norte para instalar uma nova sede da prefeitura. A lembrança de um antigo casarão abandonado na Carolina Machado, que estava ocupado por moradores de rua, logo despontou na memória do músico e encantou o prefeito, que buscava aproximar a administração da área. 

- O casarão é lindo e recuperado ficou maravilhoso. Para quem mora aqui, saber que o prefeito está por perto despachando e agindo para resolver os seus problemas é maravilhoso. Isso reforça o orgulho de todos nós. Fico muito feliz de ele ter apostado na minha sugestão.

Salve Oswaldo Cruz, o verdadeiro berço PORTELENSE!

terça-feira, 26 de maio de 2015

COMPOSITORES DA PORTELA BLOG (400 mil acessos)

 
O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG
 
Agradece a todos os Portelenses e amantes do verdadeiro SAMBA por esta nova marca!

Orlando Deco


ORLANDO DECO


Deco chegou na Portela em 1964, levado por seus amigos e compositores Edir, Colombo e Noca da Portela para a Ala de Compositores, onde também tornou-se músico. 


Em 1989 e 1990 desfilou na agremiação ao lado do intérprete oficial e amigo Richa. 

Artistas que gravaram suas obras: José Alves, Genival Lacerda, Cojacke do Forró e a cantora Maria do Carmo, primeira música gravada título do álbum de 1975, Aqui tem Catimberê, de Genival Lacerda.

Sambas campeão: G.R.E.S. União de Rocha Miranda 1986, Enredo: As Festas, G.R.E.S. Portela na é brincadeira com: Edir da Portela e Bloco Carnavalesco Xodó de Oswaldo Cruz, com Edir e Wilson Cruz.

Teresa Crisina (Baile do Almeidinha - Hamilton de Holanda)

Adilson Bispo (Traço de União)



terça-feira, 19 de maio de 2015

Ala Ary do Cavaco (Reunião)



ALA ARY DO CAVACO

Atenção Compositores!

Reunião da Ala Ary do Cavaco
Dia 20/05/15 (quarta feira) às 20hs na Quadra da Escola
Solicitamos o comparecimento de todos munidos da "carteira da ala"

Comissão 
Vanderley Santanna, Jane Garrido, Ney Lopes, Walter Alverca e Arlindo Matias 

VALCI PELÉ (19/05/2015)

Nilze Carvalho (Rio Scenarium)


Nilze Carvalho
Dia 19, terça-feira de Bamba
Horário:  19h30 

A Portelense cantora, compositora e bandolinista, Nilze Carvalho mistura músicas de seu último CD, “O Que É Meu”, com um repertório que traz grandes clássicos do samba. O resultado é uma noite animada, tipicamente carioca.

RIO SCENARIUM – SERVIÇO:
Endereço: Rua do Lavradio, 20. Centro Antigo – Rio de Janeiro/RJ.
Horário de abertura da casa: Terça a quinta feira, 18h30; Sexta, 19h; 
Sábado e Domingo, 20h.
Ingresso: de terça a quinta, R$30; Sexta, R$40; Sábado, domingo, vésperas de feriados e datas especiais, R$45.
Reservas: (21) 3147-9000. www.rioscenarium.com.br

sábado, 16 de maio de 2015

Timbira (Falecimento)


TIMBIRA
(Velha Guarda da PORTELA)

Leo Russo



CPB: Nome e idade? 

Leo: Leonardo Bernardes Russo, Leo Russo, 25 anos.

CPB: Fale um pouco sobre você!

Leo:  Sou um cara do bem, da paz e que penso em música 24 horas do dia, seja compondo uma nova canção ou cantarolando uma música de mais de 50 anos de existência. Amo a música popular brasileira de várias épocas e ritmos. Principalmente, o nosso amado samba.

CPB: Como torcedor da Escola de Oswaldo Cruz, como você está vendo este novo momento? 

Leo:  Estou gostando, achei que a Portela merecia um lugar melhor em 2015!

CPB: Fale de sua experiência no mundo do samba!

Leo:  Eu comecei a gostar de samba quando criança, ganhei um CD do Zeca Pagodinho da minha mãe aos 7 anos! Depois ganhei um cavaquinho. Depois passei a cantar e compor em casa e pesquisar a fundo a obra dos artistas que eu gostava. Cresci um pouco e rodei as rodas de samba do Rio de Janeiro inteiro dando canjinhas, fazendo participações, as pessoas me chamavam pra cantar; quando eu fui ver, já estava cantando com Monarco, Júnior ex jogador, Sombrinha, Rildo Hora, Dudu Nobre e outros ídolos e amigos meus. Me inscrevi no 'Concurso de Novos Talentos do Carioca da Gema' da Lapa e tive o prazer de ser um dos vencedores. No final de 2013, lancei meu primeiro CD de carreira, com participação da madrinha Beth Carvalho, Diogo Nogueira, Dudu Nobre, Júnior e a Velha Guarda da Portela, onde mesclei músicas antigas e músicas minhas. E sigo por aí...

CPB: Qual(is) o(s) seu(s) ídolo(s), no Samba? 

Leo:  Chico Buarque, João Nogueira, Cartola, Nelson Cavaquinho, Paulinho da Viola, Edu Lobo, Aldir Blanc, Monarco, Jorge Aragão, Zeca Pagodinho...

CPB: Na elaboração de um samba, como você se define? É letrista, faz a música ou os dois? 

Leo: Costumo fazer os dois juntos. Mas já fiz algumas letras pra músicas, uma valsa da Gisa Nogueira (irmã do saudoso João Nogueira) por exemplo, e outro dia musiquei uma letra do meu amigo e agora parceiro Stepan Nercessian. Gostei da letra que ele me mandou, falando de uma 'Garota da Barra'.

CPB: Desde quando você compõe?

Leo:  Desde os meus 12, 13 anos. Mas eram canções ainda bem amadoras. Acho que fui gostar mesmo de uma canção minha, lá pros 17, 18 anos.

CPB: Você hoje alcançou seu espaço na mídia! O que você como compositor/cantor falaria com os jovens compositores?

Leo:  Façam a sua verdade, sem forçar barra. Componham e cantem aquilo que lhes tocar o coração. O resto é conversa...

CPB: Para você, o que é ser PORTELA?

Leo:  É gostar de tradição, história e qualidade. É ter orgulho da agremiação nos melhores e piores momentos. Assim como eu escolhi o Botafogo, pelos mesmos motivos, rs...

CPB: Dentro do Mundo do Samba, você tem algum sonho?

Leo:  Que o samba fique cada vez mais forte. E que prevaleça sempre o estilo de samba que os nossos mestres tanto nos ensinaram. Cartola, Noel, João, Paulinho, Zeca, Monarco, e tantos outros...

CPB: Como portelense, o que você espera para a PORTELA em 2016?

Leo: O primeiro lugar!


O BLOG agradece a sua participação!

Palcos da Vida (Zeca Pagodinho - Roda de Samba)

Vilma Nascimento (Quadro do Fantástico - Com Berta Loran e Elke Maravilha)




VILMA NASCIMENTO

FANTÁSTICA!


A nova atração do dominical tirará dúvidas dos telespectadores sobre diversos temas da vida.

Vilma Nascimento, Elke Maravilha e Berta Loran apresentarão um quadro para resolver problemas e dar dicas sobre a vida no Fantástico.

Vilma é considerada a maior porta bandeira do Carnaval no Rio de Janeiro. Berta é uma atriz consagrada na Escolinha do Professor Raimundo. Já Elke ganhou destaque na TV como jurada em programas de auditório.