quarta-feira, 29 de julho de 2015

Zé Roberto



CPB: Nome?

Zé Roberto: José Roberto Rangel Chapelen, mais conhecido como "Zé Roberto".

CPB: Fale um pouco sobre você!

Zé Roberto: Sou compositor e cantor de samba/pagode, com mais de 30 anos de estrada. Tive a honra de compor para vários grandes nomes da música brasileira como Zeca Pagodinho, AGP, Emílio Santiago, Fundo de Quintal, Arlindo Cruz, Beth Carvalho... entre outros. Participei do projeto do Zeca Pagodinho, Quintal do Pagodinho, interpretando minhas canções (penetra/pai coruja/ vacilão) e como autor da única música inédita do álbum "Em um outdoor", projeto que me rendeu maior projeção profissional, pois tive a oportunidade de mostrar a minha cara, muitas pessoas conhecem a obra mas não conhecem o autor. Além de participações em programas de televisão como Domingão do Faustão, Esquenta, Fantástico, e ainda tive músicas de minha autoria como trilha sonora de 3 novelas Globais, do horário nobre, Passione (O garanhão), Avenida Brasil (Em um outdoor) e Império (Conselho).

CPB: Como Compositor da Escola de Oswaldo Cruz, como você está vendo este novo momento?

Zé Roberto: Feliz e confiante na nova diretoria. Renovações são sempre bem vindas.

CPB: Fale de sua experiência no mundo do samba!

Zé Roberto: Minha experiência com o samba começou quando era muito jovem, compondo para blocos de carnaval, samba-enredo para escolas de Grupo de Acesso, integrei uma banda chamada Passaporte, como vocalista. Mas considero como pontapé inicial o "Pagode do Arlindo" em Cascadura, quando tive a oportunidade de apresentar minhas próprias composições, e em 1985 tive o meu primeiro samba gravado, Resumo (Zé Roberto e Acyr Marques) pelo Dominguinhos do Estácio, depois veio Conselho, Retrato Cantado de um amor, Mulata Beleza, Coisa de Amante, Inigualável Paixão, e por aí vai.

CPB: Qual(is) o(s) seu(s) ídolo(s), no Samba?

Zé Roberto: Zeca Pagodinho, Candeia, Arlindo Cruz.

CPB: Na elaboração de um samba, como você se define? É letrista, faz a música ou os dois?

Zé Roberto: Eu faço os dois, nos últimos anos, inclusive, gravei 7 músicas com Zeca Pagodinho, de minha autoria sozinho. Poucos tiveram este privilégio. Além de Além do Normal e Perseverança com Revelação e Xande de Pilares, respectivamente, também sozinho.

CPB: Desde quando você compõe?

Zé Roberto: A primeira música gravada foi em 1985, Resumo, com Dominguinhos do Estácio.

CPB: Você hoje alcançou seu espaço na mídia! O que você, como compositor experiente, falaria aos jovens compositores?

Zé Roberto: Que apesar das dificuldades, da pirataria, que não desistam. O samba não pode acabar, o processo de renovação tem que existir. Perseverança! "Tem que lutar, não se abater...".

CPB: Para você, o que é ser PORTELA?

Zé Roberto: Ser Portela é acreditar sempre na vitória, é não desistir nunca, é ter Perseverança!

CPB: Dentro do Mundo do Samba, você tem algum sonho?

Zé Roberto: Sim, meu sonho é ganhar um samba enredo na Portela e ver a Portela campeã com meu samba. 

CPB: Como portelense, o que você espera para a PORTELA em 2016?

Zé Roberto: Espero o tão esperado título de campeã do carnaval de 2016 na Sapucaí.

Zé Roberto - Compositor e Cantor
Contatos para show: (21) 3474-6195 - Falar com Daniele.
Email:
chapelen1@gmail.com
(21) 7863-4421, Id: 10*41739
(21) 3979-4333
Facebook: Zé Roberto


Desde já, agradecemos!

4 comentários:

  1. Toda sorte que a Claridade pode trazer, pra Ze Roberto!

    ResponderExcluir
  2. Amo de paixão este compositor Zé Roberto.Sou tua fã gaúcha.
    Bjos no teu coração

    Mara Lúcia

    ResponderExcluir