sábado, 30 de junho de 2012

Grupo Jaqueira

PORTELA 2013


PORTELA 2013


A Majestade do Samba vai dar início a mais difícil e concorrida disputa de sambas-enredo!

Dia 25/07/2012, todos os Compositores da PORTELA deverão entregar suas obras que participarão do Concurso de Samba-Enredo 2013, cujo enredo "Madureira....onde o meu coração se deixou levar".

Dia 28/07/2012, haverá em nossa quadra, a apresentação de todos os sambas, sendo selecionadas obras para participarem das eliminatórias.

O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG espera, como sempre, belos sambas e deseja, desde já, a todos os futuros concorrentes, boa sorte!

Gabrielzinho de Irajá

terça-feira, 26 de junho de 2012

Nilce Fran


Nilce Fran, Passista Portelense e Estandarte de Ouro 2012, coordenará mais um Projeto!

A convite da Império Serrano, Nilce estará a frente do Projeto Império Passistas do Futuro, pioneiro na escola.  Para tanto, convida crianças e adolescentes de comunidades locais e adjacentes, de 6 a 18 anos, para assistir nesta sexta-feira (29/06) à aula inaugural, na quadra da Império.

Com 39 anos de avenida e 30 deles como passista, Nilce Fran trabalha em projetos que ensinam a arte da dança do samba há mais de 11 anos. No currículo, traz os projetos Primeiro Passo, Oficina de Passistas e Espaço da Dança, apoiado pela Faetec. Nilce diz que a duração mínima do curso para preparar passista é de um ano. Porém, ressalta que o resultado depende do desempenho do aluno. As aulas serão ministradas por ela e por Valci Pelé, através do sistema de módulos.

- Ensinaremos não só a sambar, mas a ter postura, elegância, graciosidade, a entrar e sair da avenida e do palco. O curso é completo e não forma apenas passistas, mas profissionais de dança, que podem usar sua habilidade não só na avenida, mas também em outras apresentações – diz Nilce Fran.

Nilce lembra que vem da época em que não existia a ala de passistas nas escolas de samba, mas grupos de passistas espalhados pela avenida. Para ela, a profissionalização do passista, como integrante de um segmento específico, a ala dos passistas, embora não conte ponto na avenida, quando não bem preparado, tira pontos da agremiação no conjunto.

-  O passista era execrado no samba. Hoje, as escolas o encaram como artistas fundamentais para o bom desempenho da escola na avenida. Daí a importância de profissionalizarmos esses artistas da arte do samba, com didática bem direcionada. Não existe pessoa que não consegue sambar, existe gente que ainda não descobriu seu potencial. Isso conseguimos despertar no curso! - define.

O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG vem aqui parabenizar esta maravilhosa Passista, orgulho da Majestade do Samba de Oswaldo Cruz!  É o sambista portelense exportação!

Monarco e Toninho Nascimento

Surica

Wanderley Monteiro

domingo, 24 de junho de 2012

Paulo Benjamim de Oliveira (Arena Cultural de Madureira)


Paulo Benjamim de Oliveira, nosso Mestre PAULO DA PORTELA será homenageado!

Inaugurado ontem o Parque Madureira, tendo como uma das atrações a Majesade do Samba, o nome de um de seus baluartes dará nome a Arena Cultural de Madureira!

O espaço, a ser inaugurado ainda neste segundo semestre.

O prefeito Eduardo Paes reconheceu a importância de se resgatar um dos maiores ícones de todos os tempos da história cultural do país com ligação afetiva direta com o bairro. Paulo da Portela foi figura fundamental na história cultura brasileira nas décadas de 20, 30 e 40. Começou a frequentar rodas de samba no subúrbio da cidade do Rio de Janeiro no início dos anos 1920. Compositor, fundou com Antônio Caetano e Antônio Rufino dos Reis o Conjunto Oswaldo Cruz, que depois foi renomeado para Quem nos Faz é o Capricho, Vai Como Pode e, finalmente GRES Portela.

Paulo da Portela foi um dos que mais lutaram para mudar a imagem estereotipada e preconceituosa que se tinha a respeito do sambista, de malandro e vagabundo, para a de artista de respeito.

A Associação Cultural Amigos do Agito, uma das mais respeitadas no desenvolvimento de projetos e atividades culturais no Rio e no Brasil, será a gestora da arena.

O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG, mais uma vez se orgulha em mostrar aqui mais uma homenagem a este sambista da mais pura linhagem portelense!

SALVE PAULO DA PORTELA!

sábado, 23 de junho de 2012

Gilsinho


A PORTELA renova com Gilsinho!

Seguindo uma antiga característica de se manter a identificação entre a Escola e Sambista, a Majestade do Samba mantém para 2013, nosso grande puxador Gilsinho!

“Trabalhar na Portela é muito tranqüilo pois tenho apoio total da comunidade que sempre me responde de forma positiva não só nos ensaios na quadra como também nos ensaios técnicos, fico muito feliz em dar continuidade com muita humildade, a esse trabalho dentro da escola pois sou portelense”, disse Gilsinho.

“Houve uma demora na renovação por conta de alguns contratempos que a escola estava resolvendo internamente”, finalizou.

Manter Gilsinho, assim como Nilo Sérgio e o casal Rogerinho e Lucinha são ações fundamentais para uma ótima performance na avenida!

Parabéns Gilsinho! 

Portelenses (Inauguração Parque de Madureira)

Escolas de samba fizeram a festa do público no Parque Madureira | Foto: Paulo Araújo / Agência O Dia

Os portelenses marcaram presença na inauguração do Parque de Madureira!

Na foto, a bela apresentação inicial do evento com a Filhos da Águia, escola de samba mirim da Majestade do Samba!




O manto Portelense na inauguração do Parque Madureira.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

PORTELA


A PORTELA estará amanhã, 23/06, um dia depois do encerramento da Rio+20, na grande festa irá marcar a inauguração do Parque Madureira!

A escola de samba mirim da PORTELA, Filhos da Águia, a partir das 9h, começará a esquentar o evento, além de outras atrações.

Depois disso, o dia segue com uma agenda intensa que inclui uma roda de samba com os baluartes da região e convidados e show do portelense Marquinhos de Oswaldo Cruz e Arlindo Cruz.

E a inauguração do Parque Madureira não poderia terminar de outra forma: um grande show de carnaval da Majestade do Samba e Império Serrano.

Programação:

09h - Apresentação das escolas de samba mirins e casais de Mestre-Sala e Porta-Bandeira da Portela e do Império Serrano

10h - Solenidade de inauguração com a presença dos sambistas Monarco, Noca da PORTELA, Wilson Moreira, Mauro Diniz, Marquinhos de Oswaldo Cruz, Arlindo Cruz e Zé Luiz do Império.

11h20 - Roda de Samba (artistas listados acima)

13h - Show de Arlindo Cruz

15h - Show Bruno Maia

17h - Show Marquinhos de Oswaldo Cruz recebendo as Velhas Guardas da Portela e Império Serrano

19h - Show G.R.E.S Império Serrano

20h - Show G.R.E.S Portela

Vale lembrar que o enredo da PORTELA para 2013 é Madureira!

Zeca Pagodinho


O cantor e compositor portelense Zeca Pagodinho vai se apresentar na noite desta sexta-feira (22/06), às 19h30, no auditório do evento Humanidade 2012, no forte de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro.

Os ingressos são gratuitos e limitados a 350. Cada pessoa que comparecer ao local só pode retirar um convite. O evento faz parte do projeto Humanidade 2012. A distribuição acontece a partir das 17h30.

A entrada de menores de 16 anos será permitida se comprovadamente acompanhados dos pais ou responsáveis legais que deverão portar o termo de autorização.

Os portelenses estão de parabéns, depois de uma bela abertura com a Escola levando todos os segmentos para um pequeno desfile, temos Zeca para o seu desfecho!  Esta é a PORTELA!

Jorge do Violão


Jorge do Violão Sete Cordas

Jorge da Conceição, um dos fundadores do Conjunto Mensageiros do Samba, junto com Candeia, Casquinha, Picolino, Casemiro, Arlindo, Bubu, isso em 1961. Foi membro da Velha Guarda da Portela entre 1970 e 1980. foi violonista de Clara Nunes e de Elizeth Cardoso

Família Diniz (Miranda)





Wilson Moreira e Darcy Maravilha


Neste sábado, 23/06, o Centro Cultural Solar Wilson Moreira fará uma homenagem a São João. O mestre recebe Darcy Maravilha, Nego Wando e o grupo A Cara do Samba.

Serviço

A partir das 15:30hs
Ingressos R$15,00
Informações: 3241.7300 - 7666.72.07 e 7722.0012
Rua Barão de Ubá, 46, Praça da Bandeira

Ótima pedida para quem gosta do verdadeiro SAMBA!

terça-feira, 19 de junho de 2012

Darcy Maravilha


Darcy Maravilha no Rio Scenarium

O compositor portelense Darcy esbanja alegria e talento no que diz respeito a samba!  Em seu vasto repertório, Darcy canta o que tem de melhor nos sambas enredos.

Serviço:

Show de Darcy Maravilha
Local:  Rio Scenarium - Rua do Lavradio, 20 - Lapa
DIAS 6 E 7/7 DE 19 h às 22 h 

Zeca Pagodinho (Maricá)


Zeca Pagodinho, compositor da nata portelense estará em Maricá!

O show "Vida da Minha Vida" em Maricá neste sábado (23). O espetáculo já rodou o país inteiro com direção artística de Sérgio Cabral e direção musical de Paulão 7 Cordas. O repertório apresenta músicas do Cd homônimo, que alcançou a marca de mais de cem mil cópias, dando ao artista o CD de Platina. 

Serviço:

Local: Praça Orlando de Barros Pimentel, Centro – Maricá – Rio de Janeiro.
Horário: a partir de 21h
Entrada franca

Paulinho da Viola




PAULINHO DA VIOLA NO VIVO RIO

Compositor Portelense e um dos maiores representantes do samba brasileiro estará se apresentando no Vivo Rio

07 de Julho 2012
sábado, às 22h

Surica

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Paulo da PORTELA



PAULO DA PORTELA (18/06/1901 - 30/01/1949), o Grande Mestre Portelense!  É o grande ícone da história da Majestade do Samba!

Fundou, no início da década de 1920 o "Ouro Sobre Azul", o primeiro bloco de Osvaldo Cruz, mais no estilo dos ranchos do que do samba. Foi na casa de seu Napoleão (pai de Natal da Portela), um dos grandes festeiros do bairro, na qual começou a conviver com sambistas de peso, como Ismael Silva, Baiaco, Brancura, Aurélio, trazidos do Estácio pela irmã de seu Napoleão, D. Benedita. Nestas festas, tocava-se e dançava-se jongo e caxambu. Mais tarde, passou a frequentar as festas de D. Esther Maria Rodrigues, organizadora do bloco "Quem Fala de Nós Come Mosca", que recebia tanto pessoas do bairro como também da classe alta, e ainda artistas como Pixinguinha, Cartola, Roberto Silva, Augusto Calheiros, Donga, Gilberto Alves, entre outros. Bem antes, em 1922, fundou o bloco "Baianinhas de Oswaldo Cruz", juntamente com Antônio Rufino dos Reis e Antônio da Silva Caetano, futuros fundadores da Portela.

Em 11 de abril de 1926, surgiu o Conjunto Carnavalesco Escola de Samba de Osvaldo Cruz, em cuja organização teve papel importantíssimo: líder, produtor, relações públicas, organizava os eventos, discursava, lutando para que o samba e as escolas de samba tivessem o seu devido reconhecimento.
A participação pública de Paulo da Portela logo fez dele um líder classista muito considerado por seus pares e por alguns jornalistas, que nele via despontar uma estrela do proletariado.


Paulo da PORTELA (ao centro)

Em 1931, Mário Reis gravou seu samba "Quem espera sempre alcança", pela Odeon. No ano seguinte, participou da fundação da UES (União das Escolas de Samba).

Em 1935, a Vai Como Pode (futura Portela) ganhou o desfile das escolas de samba com "Linda Guanabara", de sua autoria. No mesmo ano, a escola passou a chamar-se G.R.E.S. Portela, e Paulo da Portela foi eleito pelo voto popular como o maior compositor das escolas de samba, num concurso promovido pelo jornal "A Nação". No ano seguinte, foi eleito "Cidadão-Momo" e, em 1937, "Cidadão-Samba". Esses títulos lhe deram status na sociedade carioca e geraram algumas inimizades. Carlos Galhardo gravou nesse ano "Cantar para não chorar", (c/ Heitor dos Prazeres), pela Victor. De dezembro de 1937 a janeiro de 1938, participou da Embaixada do Samba, grupo que viajou em turnê de shows no Uruguai, do qual faziam parte Heitor dos Prazeres, Marília Batista, a violonista Ivone Rabelo, o maestro Júlio de Souza e os Turunas Cariocas. Ainda em 1938, participou da Embaixada da Favela que, chefiada por Francisco Alves, fez apresentações em São Paulo.

Compôs "Teste de samba", com o qual a Portela foi campeã em 1939, apontado como o primeiro samba-enredo, já que conseguiu estruturar toda a escola em função do seu samba, ao contrário dos outros compositores, que criavam a música a partir de um enredo determinado.

No ano de 1940, criou o programa "A voz do morro", na Rádio Cruzeiro do Sul, junto com Cartola, no qual apresentavam sambas inéditos.


Conjunto Carioca

Em 1941, formando o Conjunto Carioca juntamente com Cartola e Heitor dos Prazeres, fez temporada em São Paulo. Nesse ano, a Portela foi campeã com seu samba "Dez anos de glória", em parceria com Antônio Caetano, que contava todos os temas já apresentados pela escola desde 1932.



Brigado com a diretoria, deixou a escola logo após o carnaval. Entrou então para a Escola de Samba Lira do Amor, de Bento Ribeiro. Mas, apesar disso, em agosto de 1941 recebeu, na Portela, Walt Disney e enorme comitiva. Inspirado nesta grande festa, Disney criou o personagem Zé Carioca.

Participou como figurante de três longas-metragens: "Favela de meus amores", de Humberto Mauro; "O bobo do rei" e "Pureza".


Em 1965, "Pam-pam-pam-pam" foi incluída no LP "Rosa de ouro", da Odeon.

Seu partido-alto "Cocorocó" foi interpretado pela Velha-Guarda da Portela no LP "Portela, passado de glória", da RGE, em 1970, disco produzido por Paulinho da Viola.

No ano de 1972 Elza Soares e Roberto Ribeiro incluiram "Cocorocó" no disco "Sangue, suaor e raça", de Elza Soares e Roberto Ribeiro lançado pela gravadora Odeon.

Em 1974, Alvaiade gravou o samba inédito "Quitandeiro" (c/ Monarco), no LP "Portela", da Marcus Pereira. Monarco havia terminado o samba com a permissão da família do compositor.

Foi homenageado em sambas como "De Paulo da Portela a Paulinho da Viola", de Monarco e Francisco Santana, e "Passado de glória", de Monarco.

No ano de 1976 Roberto Ribeiro regravou "Quintandeiro" (c/ Monarco) no LP "Arrasta povo". Neste mesmo ano sua composição "Olhar assim" foi interpretada por Clementina de Jesus no disco "Clementina de Jesus - Convidado especial: Carlos Cachaça", lançado pela gravadora EMI-Odeon.


Cocorocó (Paulo da PORTELA)

Em 1979 Clementina de Jesus regravou "Cocorocó" no LP "Clementina e Convidados".

Em 1984 através do selo Funarte, foi lançado o LP "Cartola entre amigos", disco no qual foi incluída a faixa "Deus te ouça", parceria com Cartola e interpretada pela dupla Monarco e Doca da Portela.
No ano de 1986 pelo selo Bomba Records e com produção de Katsunori Tanaka foi lançado o LP "Doce recordação - Velha-Guarda da Portela" somente para o mercado japonês, disco no qual foi incluída de sua autoria "Cidade mulher", interpretada por Monarco.

No ano de 1987, novamente o produtor japonês Katsounori Tanaka lançou (para o mercado japonês) o LP "Homenagem a Paulo da Portela". Neste LP participaram vários integrantes da Velha-Guarda da Portela e outros admiradores de Paulo da Portela: Chico Santana em "Linda Guanabara"; Manacéia "Teste ao samba"; Cristina Buarque e Mauro Duarte em "Quem espera sempre alcança", Monarco e Tia Doca em "Deus te ouça"; Monarco em "Este mundo é uma roleta" e "O meu nome já caiu no esquecimento"; Argemiro da Portela em "Cocorocó"; Casquinha da Portela em "Conselho". O disco foi relançado no Brasil em 1988 pelo selo Idéia Livre, do produtor Aluízio Falcão.

Na década de 1990 a gravadora Nikita Music relançou em CD "Cartola entre amigos".

No ano 2000, a gravadora Nikita Music relançou "Doce recordação - Velha-Guarda da Portela", desta vez para o mercado brasileiro. No ano seguinte, foi homenageado pelo bloco "MIS a MIS", quando o Museu da Imagem e do Som apresentou o enredo "Paulo da Portela", bloco que tinha como padrinhos Dona Zica e Ricardo Cravo Albin. O samba em sua homenagem, criado para o desfile do bloco, foi composto por Jorge de Paula, Ricardo Mello e Marcelo Menezes, sendo gravado por Monarco e a Velha-Guarda da Portela. O desfile do bloco, também animado pelo Bloco Carnavalesco Cordão da Bola Preta, aconteceu no bairro da Lapa, centro do Rio de Janeiro. Neste dia foram feitas imagens para um documentário sobre a vida e obra do sambista, dirigido e escrito por Marília Barboza, Luís Carlos Magalhães, Carlos Monte e João Batista Vargens, que incluia também cenas com depoimentos de familiares do compositor. Neste mesmo ano de 2000 a gravadora Nikita Music relançou em CD o disco "Homenagem a Paulo da Portela".

Em 2002, foi lançado o livro "Velhas Histórias, memórias futuras", de Eduardo Granja Coutinho, no qual o autor faz várias referências ao compositor.

Obras:

  • Arma perigosa (c/ Paquito)
  • Cantar do rouxinol
  • Cantar para não chorar (c/ Heitor dos Prazeres)
  • Cidade mulher
  • Cocorocó
  • Coleção de passarinhos (c/ Clementina de Jesus e Hermínio Bello de Carvalho)
  • Deus te ouça (c/ Cartola)
  • Dez anos de glória (c/ Antônio Caetano)
  • Linda borboleta (c/ Monarco)
  • Linda Guanabara
  • Olhar assim
  • Orgulho, hipocrisia (c/ Clementina de Jesus e Hermínio Bello de Carvalho)
  • Orgulho, hipocrisia
  • Ouro, desça do seu trono
  • Pam-pam-pam-pam
  • Quem espera sempre alcança
  • Quitandeiro (c/ Monarco)
  • Serei teu Ioiô
  • Teste de samba

sábado, 16 de junho de 2012

Paulinho da Viola e Eliane Faria

Gabrielzinho do Irajá

Clara Nunes


A Guerreira Portelense estará sendo homenageda em musical!

A história de Clara Nunes (1942-1983), a grande cantora portelense, vai virar musical.

O projeto é da produtora paulista Dona Sinhá para celebrar os 70 anos de nascimento de Clara, em agosto próximo.

A empresa foi autorizada a captar R$ 1.576.750,00 pela Lei Rouanet.

O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG, parabeniza mais esta grande homenagem que será feita a Clara Nunes, um patrimônio da música popular brasileira e acima de tudo PORTELENSE!

Família Diniz


FAMÍLIA DINIZ

 Show : “Um coração azul e branco”
Mestre Monarco, herdeiros e seus sambas memoráveis
20/06 - 21h

Miranda Brasil
Avenida Borges de Medeiros, 1424, Bloco 1 - Piso 2
Espaço Lagoon - Telefone:  2239-0305

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Diogo Nogueira


Nesta sexta e sábado, dias 15 e 16, Diogo Nogueira faz o show "Sambabook", em homenagem ao pai João Nogueira. Participação especial da Bateria da Portela.

Serviço

Dia(s): 15/06/2012 e 16/06/2012
Ingressos ESGOTADOS
Classificação: 18 anos
R. Dias da Cruz, 170 - Méier

PARABÉNS DODÔ!


DODÔ da PORTELA, a grande Dama Portelense estará escolhendo o local para sua Butique e que volte a receber, como sempre, todos os portelenses que vão a quadra da Majestade do Samba com aquele maravilhoso sorriso!

Com o apoio de Monarco, a grande portelense conseguiu com a direção da Escola que a sambista escolha o novo lugar!

O COMPOSITORES DA PORTELA BLOG parabeniza a nossa GRANDE DAMA!

Wilson Moreira - Feira das Yabás (Junho 2012)

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Zeca Pagodinho


Show Zeca Pagodinho
Clube de Campo Luso Brasileiro
São José dos Campos, SP
16 / 06 (sábado)
Endereço: Estrada Municipal Pedro Moacir de Almeida, Km 5 (Antiga Vargem Grande)
Telefone: (12) 3021-7729

PORTELA - Rio+20

PORTELA na Rio+20

Aos 92 anos, Dodô esbanjou vitalidade no evento | Foto: Divulgação

 
A PORTELA representou muito bem o SAMBA na abertura da Rio+20!  Dodô e sua tradicional Ala das Damas foi um momento a parte da apresentação de sua Escola!

Bateria da Portela desfila em coquetel de abertura da Rio+20 (Foto: Alexandre Durão/G1)

A Majestade do Samba de Oswaldo Cruz fez bonito na noite desta quarta-feira (13), durante o coquetel de abertura da conferência do desenvolvimento sustentável.

Após o primeiro dia de negociações, diplomatas tiveram um momento de confraternização com a apresentação da azul e branca, além comidas típicas da cozinha brasileira e vinhos da Serra Gaúcha.

Integrante da Portela dança em frente a participante da Rio+20 (Foto: Alexandre Durão/G1)


Sambistas portelenses deram seu show, animando os participantes da conferência!


quarta-feira, 13 de junho de 2012

Monarco e Noca


Eles são Compositores Portelenses da melhor linhagem da Escola de Oswaldo Cruz!

Monarco e Noca estarão se apresentando na comemoração dos 28 anos da  Banda da Barra, que serão comemorados com uma feijoada-show no sábado, dia 16.

O evento, que é aberto aos foliões, vai acontecer no Arouca Barra Clube.

Arouca Barra Clube - Avenida das Américas 2.300
Condomínio Jardim Barra da Tijuca.
A feijoada-show começa às 14h e os convites custam R$ 60.
Outras informações através do telefone 7898-7939.

Valci Pelé


Valci Pelé, passista portelense e Estandarte de Ouro 2012, fará exposição sobre os Passistas!

A exposição Apoteose dos Grandes Passistas revive a história dos grandes mestres da arte do samba, acompanhada pela abordagem da vida e paixão que os passistas, pertencentes às doze agremiações do Grupo Especial do carnaval do Rio de Janeiro, exalam no balanço dos quadris da mulata e na ginga do samba riscado do malandro.

 A mostra vai reunir fotografias, vídeos e um espaço interativo, que contarão a história da dança do samba e exibirão o concurso que elegerá os grandes casais de passistas de cada agremiação do carnaval carioca. 
Valci, o COMPOSITORES DA PORTELA BLOG o parabeniza pela sua iniciativa!

João Nogueira (Imperator)

SRZD

SRZD


SRZD